Início Reviews e Guias Jogos para ficar de olho na BIG Fesftival

Jogos para ficar de olho na BIG Fesftival

44
0
COMPARTILHAR

O BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival) é o maior festival de jogos independentes da América Latina. Frequentei essa feira algumas vezes e já conheci jogos fantásticos como Stanley Parable e Event [0].

 

Esse ano não foi diferente, então decidi fazer uma lista com os jogos que mais me fascinaram. Não é a lista de melhores jogos, ou dos campeões de votação, apenas o que eu pessoalmente achei digno de ter uma maior atenção.

The Aquatic Adventures of The Last Human
Indicado a: Melhor Som
Desenvolvedor YCJYgames AB
País: Suécia

Nesse jogo de exploração submarina devemos explorar as ruínas futurísticas do planeta Terra que foi inundado por oceanos. A raça humana apesar de ter conseguido sobreviver por um tempo acaba entrando em extinção, deixando um grande império submarino a ser explorado.

 

O jogador é um viajante que acidentalmente foi parar no futuro sem condições de voltar. Agora como último ser humano na terra, cabe explorar o mundo submerso repleto de monstros marinhos numa jornada que, inevitavelmente, irá terminar em extinção. Quem já leu meu conto Exploração Oceânica, sabe que eu sou um pouco “encanado” com a ideia de criaturas submarinas.

 

A estética do jogo é toda em pixel art e a sonoplastia é muito bem trabalhada deixando todo o jogo com um toque especial na questão de ambientação. As referências ao trabalho de Lovecraft conforme nos aventuramos pelo oceano também são claras.

 

O jogo está disponível na Steam:
http://store.steampowered.com/app/401360/

 

The Interactive Adventures of Dog Mendonça e Pizzaboy
Indicado a: Melhor Arte, Melhor Jogo da América Latina.
Desenvolvedor: OKAM Studio
País: Argentina

Baseado nos quadrinhos de Dog Mendonça e Pizzaboy da Dark Horse, o jogo mergulha no universo das HQs e faz uma adaptação fiel ao material original. Fortemente inspirado nos clássicos cults do gênero adventure como “Day of the Tentacle” e na série “Sam e Max” temos jogo investigativo, divertido e engraçado ambientado no submundo do sobrenatural.

 

Além de Dog Mendonça, um ex-lobisomen e agora investigador particular, temos Pazuul, um demônio babilônico de 6 mil anos preso no corpo de uma garotinha, e uma cabeça de gárgula que espera ansiosamente por retornar ao seu corpo. Como protagonista temos Pizzaboy, ajudante de Dog Mendonça e novato na vida investigativa. Tudo numa grande ambientação satírica do Cinema Noir.

O jogo está disponível na Steam:

http://store.steampowered.com/app/330420/

 

Wheels of Aurelia
Indicado a: Melhor Narrativa
Desenvolvedor: Santa Ragione
País: Itália

Uma narrativa interativa bastante experimental. Encarnamos a pele da motorista Lella, enquanto foge da casa de sua família rica em seu carro, dando carona e conversando com  desconhecidos enquanto deve manter os olhos na estrada, tudo ambientado na Itália dos anos 70.

 

A jogabilidade consiste em guiar o caro com as setas para esquerda e direita, acelerar com o espaço e fazer escolhas de diálogos com as setas para cima e baixo. Joguei pouco tempo na exposição e o jogo parece estar em beta, mas pude conversar sobre comunismo, aborto e origens do punk, além de dirigir horrivelmente no trânsito, espalhando o caos. Então achei a experiência bem satisfatória.

 

O jogo está em beta mas pode ser adquirido no site oficial.

http://www.wheelsofaurelia.com/

 

Bulb Boy
Indicado a: Melhor Arte
Desenvolvedor: Bulbware
País: Polônia

A Polônia tem uma história estética da animação um tanto… bizarra para nossa visão estrangeira da cultura deles. Claro, com influências diretas de jogos como Machinarium e Samorost da desenvolvedora checa Amanita Design, temos um produto final bastante peculiar.

 

O jogo é um adventure de horror com puzzles com um toque… fofo? O protagonista Bulb Boy (menino lâmpada) tem literalmente uma cabeça de lâmpada que pode se distanciar do corpo, permitindo assim avançar nos puzzles do jogo de uma forma bem criativa. A história gira em torno do protagonista que, após uma soneca, tem sua família sequestrada e sua casa invadida por bizarros monstros.

 

O jogo está disponível na Steam
http://store.steampowered.com/app/390290/?l=portuguese

 

Carcará: Asas da Justiça
Indicado a: Melhor Jogo Educacional
Desenvolvedora: Supernova Indie Games
País: Brasil

Único jogo educacional da lista. Carcará tenta usar o gameplay de jogos investigativos e de tribunal, consolidados principalmente pela série Ace Attorney, para ensinar sobre direitos e leis brasileiras.

 

O capítulo que joguei dava destaque para o Código de Defesa do consumidor. No papel do advogado de defesa, devemos rever os testemunhos, consultar as provas e apontar quais códigos estão sendo violados. O jogo tem um humor bem típico e trás uma abordagem bacana para um assunto que é de fato massante e com dificuldade de ser explicado.

 

O jogo está gratuito no site oficial e na playstore
https://supernova-indiegames.com/games/carcara-br/

 

Möira
Indicado a: Melhor Jogo Brasileiro
Desenvolvedor: Onagro Studios
País: Brasil

O único jogo da lista que eu já conhecia antes por um vídeo review do Velberan. Möira é um plataformer de fantasia que presta homenagens a clássicos da Nintendo. O gráfico original do jogo por exemplo lembra bastante o do Game Boy original, podendo escolher também  diversas cores que lembram os do Game Boy Color e até o Virtual Boy, o console falido da Nintendo.

 

No jogo podemos mimetizar as habilidades dos inimigos, assim como na série Kirby, porém mantendo o poder consigo no inventário. Para os saudosistas do gênero, Möira é uma grande pedida com o ar de plataformes clássicos da nintendo.

 

Site do jogo
http://www.moiragame.com/

 

Skytorn
Indicado a: Melhor Som, Melhor Jogo Brasileiro
Desenvolvedor: Skytorn Team
País: Brasil

 

Imaginem basicamente um revival do estilo “metroidvania” (popularizado pelas séries Metroid e Castlevania) com labirintos, puzzles e temática de terror, com gráficos pixelados e uma ambientação bem construída. Skytorn consegue construir bem uma sequência do gênero.

 

Apesar de gostar muito da série Castlevania, não me dou bem com a série Metroid e me perco facilmente nos labirintos do jogo e o mesmo aconteceu em Skytorn, ficando sem rumo em alguns minutos de jogo. Para jogadores mais experientes do gênero não deve ser difícil.

 

O jogo está sem data para lançamento, mas sairá para PS4 e PCs.

http://skytorngame.com/

 

The Magic Circle
Indicado a: Melhor Narrativa, Inovação
Desenvolvedor: Question
País: Estados Unidos

 

Outro jogo bastante experimental e fortemente inspirado no jogo Stanley Parable e na série Portal. Assuma a personalidade de um protagonista de um jogo de fantasia em primeira pessoa que não consegue ser finalizado porque sua equipe de desenvolvimento simplesmente não consegue se entender e acaba adiando infinitamente o projeto de jogo.

 

O objetivo é usar o poder que o protagonista tem em suas mãos e desafiar os desenvolvedores para assim, conseguir completar o jogo pela parte de dentro. O jogo pede uma atenção especial e não passei tanto tempo com ele, logo fiquei empacado na hora de aprender uma mecânica do jogo que lembrava a de Portal, mas que eu não consegui fazer funcionar. É um jogo que demanda mais tempo e atenção.

Ele está disponível na Steam
http://store.steampowered.com/app/323380/?l=portuguese

 

Tem mais um jogo que conheci na feira de games e quero fazer uma review. Mas gostei tanto da proposta dele que irei fazer um texto só para ele. Então… nos vemos no próximo texto.

Facebook Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here