Início Reviews e Guias Acertos e Erros em Batman V Superman

Acertos e Erros em Batman V Superman

69
0
COMPARTILHAR

Batman V Superman estreou nos cinemas e consigo veio uma carga de críticas negativas nos sites Rotten Tomatoes e Metacritic porém com críticas muito positivas dos fãs. Quem está certo nesse confronto da crise das infinitas críticas?

Enumero aqui os pontos positivos e os pontos negativos que vi no filme, tentando entender os motivos de cada lado com o máximo de imparcialidade possível.

Acertos

Vamos então dar uma calda de mamão com açucar para os fãs da DC, vamos começar então pelo que o filme tem de bom ou, quais foram os acertos a cerca dos elementos narrativos do filme.

vNlsRbF.jpg

Batman

Parece que a internet esteve errada nessa escolha. Muitos (esse crítico incluso) não exitaram em criticar a escolha de Ben Affleck para o papel, em parte pelo fracasso do filme do Demolidor, que tinha Affleck como o Homem Sem Medo e o histórico de filmes de comédia romântica a atuações passivas como em Armagedom mas olha… O personagem esta muito bom.

Mostrando um vigilante sombrio, extremamente forte e finalmente investigativo, temos um Batman com o clássico uniforme cinza presente na HQ cavaleiro das trevas e muito de sua personalidade está refletida nessa representação, mostrando um Batman já experiente mas endurecido pelas tragédias de sua vida. Posso dizer sem medo que é até então a melhor representação do Batman no cinema. (Não que seja difícil superar batmamilos, não poder virar o pescoço e apanhar para cachorros).

NEmMvubkR450pn_4_b

Mulher Maravilha

Outro cast questionável do filme, Gal Gadot tem mais tempo em tela e importância na narrativa que os trailers deixaram a entender e bem, representa muito bem no papel. Ainda atuando de forma misteriosa e investigativa, temos uma ótima personagem que reflete uma boa química com o personagem de Batman que pode relembrar os fãs da animação da Liga da Justiça Sem Limites.

A condição física da atriz que foi alvo de constantes críticas também se mostra como uma preocupação boba e convence com boas cenas de luta, talvez por nesse pequeno espaço de um ano tenhamos nos acostumados com heróis magrelos como Demolidor de Charlie Cox, Jessica Jones de Krysten Ritter e os Homens Aranhas de Holland e Garfield.

 

Cenas de Ação

Como é bom ver cenas de ação que não parecem terem sidas gravadas em um terremoto (sim Nolan, eu estou olhando para você). Snyder já é famoso pro criar boas cenas de batalhas em 300 e nesse filme não faz feio. As cenas de luta de Batman contra criminosos são maravilhosas e bem coreografadas dando intensidade para a cena.

O mesmo pode se dizer da Mulher Maravilha e as poucas cenas de combate, que tem um estilo único que se assemelha a batalhas gladiadoras de filmes épicos. As cenas de destruição são boas e bem orquestradas. Muitas críticas dizem que está muito Michael Bay mas, bem, pelo menos é o lado bom de Bay.

dkr2-144964

Referências

Isso foi listado em algumas reviews como defeito e eu, sinceramente, não faço a menor ideia porque. O filme é uma amálgama de dois grandes arcos de cada personagem, “Cavaleiro das Trevas” e “A Morte de Superman” e faz isso muito bem. Mostrando a personalidade ranzinza de um velho Batman com o senso de dever de Superman presente nas histórias.

Não só os filmes mas Batman V Superman presta homenagens a franquia Batman: Arkhan e Injustice dos videogames, com cenas que parecem tiradas exatamente dos consoles. Para completar o deleite dos fãs temos pequenas amostras dos heróis que estão por vir em doses generosas o suficiente para abrir o apetite para os filmes individuais de cada herói.

 

Erros

Okay, como nem tudo aqui são rosas e o filme está longe de ser uma obra prima do cinema, temos aqui alguns erros e ideias que não caíram bem no filme e talvez tenham inspirado esse hate tão grande pela obra. Me acompanhem e tentem não se irritar demais.

Lex.jpg

Lex Luthor

A implicância da internet se mostrou errada com Affleck e Gadot mas droga, a escolha de Eisenberg para o papel de Luthor ainda não convenceu. Eu entendo, a DC estava numa quina de sinuca para escolher a melhor representação para um bom nêmesis de Superman. Você leitor pode imaginar um Lex mais político, planejador, sério e manipulador como talvez… um Frankie Underwood para o universo DC?

Pois foi exatamente o que Kevin Spacey fez no filme de 2006 e bem, vimos a desgraça que saiu, né? Qual outra opção de vilania a DC tinha em mãos? Repetir a mesma fórmula de Ledger com o Coringa que Eisenberg tenta de todo jeito imitar. Suas motivações não são nem um pouco claras, sua história é confusa e no final ficamos com um vilão completamente perdido que não faz o menor sentido na trama e nada se parece com sua representação nas HQs.

BVS-29362r.jpg

Louis Lane

Okay, Louis Lane tem a péssima tradição de ser o troféu de Superman no cinema e séries e até mesmo as premiadas animações tem dificuldade de dar nova personalidade a moça, mas isso não é desculpa para Snyder repetir a mesma fórmula preguiçosamente usada desde os anos 40. Louis Lane não tem uso na narrativa.

No começo do filme ela coloca o Super em uma situação de risco que pede um resgate e no final cria um conflito artificial de uma ação que ela mesmo causou e que não fazia o menor sentido narrativo. Amy Adams é uma boa atriz então eu culpo os roteiristas e o diretor.

 

Simbologia nem um pouco sutil

Os fãs dirão que o filme trás uma mensagem sutil e intelectual, apenas esqueça. O filme martela essa ideia na nossa cara o tempo todo e as analogias passam de diretas a cansativas. A ideia do uso da imagem simbólica é presar pela sutileza e deixar o questionamento aberto, não surrar a nossa cara diretamente com essas ideias até ela começar a sangrar.

Sim, Alex Ross deu uma nova cara aos heróis da DC ao associar diretamente aos deuses da Mitologia Grega, convergindo da imagem mais humana dos heróis da Marvel e é um elemento fundamental para adaptar para os filmes. Mas só funcionaria decentemente se fosse de forma sutil como é nas HQs. Mas o simbolismo é tão escancarado que faz o mecha-tech Jesus de Matriz Revolutions parecer sutil.

 

Más escolhas no roteiro

De forma mais geral, há algumas escolhas no roteiro que não fazem muito sentido. Algumas sequências de sonho são desnecessárias e até bobas. Se você tinha problemas com o Super quebrando pescoço de Zod em MoS, o Batman desse filme vai te tirar completamente do sério.

O filme é feito de diversas pequenas histórias que se juntam numa só e a transição entre elas é bastante bruta, como se o filme fosse forçosamente cortado para economizar tempo. E o motivo que gera empatia de Batman contra Super no final da briga é um pouco simplista demais.

 

Conclusão

Batman v Superman é um bom blockbuster que atende a expectativa de fãs e deixa aberto a criação de todo um universo da Liga da Justiça, sendo um filme legal de assistir mas que, sim, tem vários defeitos e não pode ser o “nivelamento por cima” do universo da DC.

Facebook Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here