Início Reviews e Guias Estabelecendo uma democracia em Democracy 3

Estabelecendo uma democracia em Democracy 3

25
1
COMPARTILHAR

Todos os jogos de simulação política são enviesados. Trópico te coloca como um ditador populista latino em plena guerra fria (eu fiz um texto sobre isso aqui), Age of Empires e Civilization instigam seu lado expansionista e imperialista e bem, acho que não preciso dizer muito sobre Democracy, certo?

Um simulador decente de democracias ocidentais, Democracy te coloca como chefe de estado de uma das grandes potências mundiais. Seu objetivo é controlar o orçamento e a ação do estado na sociedade e é claro, ser eleito por voto popular. Siga minhas dicas e consiga se manter no jogo da política moderna.

Prefira reforma a revolução

Eu sei, jogos de simulação política evoluíram do estilo “god-like” como age of empires e age of mithology, onde o jogador tem total controle sobre a jogabilidade e escolhas do jogo. Mas esse não é o caso de Democracy 3. Sua força política é medida em pontos pela capacidade de seus ministros de administrarem seus planos de governo. Você pode contratar e despedir ministros quando quiser, mas isso também necessita de força política. Esses pontos variam conforme as suas medidas de governo são bem sucedidas e de acordo com a política deles isoladamente.

screen800x500

Muito importante também é saber lidar com o eleitorado e principalmente com os grupos de interesse. Cada medida de governo influencia positivamente uns e negativamente outros. Agradar a todos é obviamente impossível, mas faça o possível para que nenhum deles te odeiem por completo. Ou, se for fazer, pelo menos invista em um serviço secreto de qualidade que possa evitar atentados contra sua pessoa. Um atentado bem sucedido (causando sua morte) resulta em game over.

Mantenha o orçamento em dia

Primeira grande preocupação do chefe de estado, logo que você abrir o jogo e dar de cara com aquele emaranhado de questão políticas e tentar ao máximo sobreviver a tediosidade, vá direto na tabela do orçamento. Compare gastos e créditos (income x expediture) e faça o melhor possível para manter um superávit primário.

Democracy-3-Screenshot-02

Aos menos atentos a economia. Superavit primário é quando a arrecadação de impostos do estado é maior do que os gastos, gerando uma porcentagem de crédito que, ou é usado para pagar a dívida externa ou é deixado como fundo de investimento. Cada vez que a dívida é diminuída, a nota de crédito do país melhora, fazendo com que investidores tenham mais vontade e confiança de investir no seu país, gerando uma economia mais saudável.

 

Impostos progressivos, gastos reduzidos

Nada é mais certo neste mundo do que a morte e os impostos”, é difícil contrapor essa citação do velho Ben Franklin se tratando de uma democracia liberal. Então, se é para tributar. Tribute onde for extremamente necessário. Evite tributos sobre o comércio e corporações, porque estes favorecem grandes empresas e deixam a economia pouco competitiva. Prefira um tributo central e equitativo, como o imposto de renda.

Conforme a economia for saudável e o desemprego for diminuído. Pode cortar despesas de segurança civil porque sua sociedade está segura. Se você escolheu Estados Unidos, dê um pequeno financiamento a energias sustentáveis e corte, sem dó, os gastos com os militares. Alguns terroristas irão atacar petroleiras internacionais mas tudo bem, é mais seguro produzir energia limpa em casa do que precisar de militares para segurar energia fóssil.

Taxe vícios, mas mantenha-se liberal

Acredite, eu como muitos adoro harmonizar um x-bacon gorduroso com uma cerveja IPA e, se estivesse no Colorado – USA, certamente acompanharia com um cigarro de maconha. Obviamente meu interesse como consumidor seria de pagar pouco por isso. Mas, se é para tributar, coisas que fazem mal a saúde devem prevalecer a itens de necessidade básica.

Mas é importante que todos possam consumir esse tipo de itens, para aumentar o comércio. Então abaixe a idade permitida para bebidas e libere as drogas. Se você conseguir manobrar os problemas com os religiosos, permita até a prostituição e jogos de azar se quiser. O jogo dirá que permitir vícios aumenta a criminalidade, mas o grande diferencial na criminalidade é uma economia pouco competitiva e uma taxa de desemprego alta. Então, apenas relaxe e libere tudo!

Mantenha a economia competitiva

Corte isenções de setores da economia que não precisam, como o da agricultura que somente favorece um oligopólio sanguinário do agronegócio e esmaga a pequena agricultura familiar que realmente abastece o país com alimentos, exatamente como acontece no Brasil. Corte o subsídio desse tipo de comércio, deixe o livre mercado agir.

Prefira vouches a serviços estatais na educação e saúde. Os Estados Unidos gastam bilhões com educação estatal que nunca chega realmente a ser gasto nas escolas, “se perdendo” no meio do caminho, e nem prefiro falar do terror sobre o sistema de saúde público americano. Vouchers colocam o poder de escolha na mão do cidadão e, além de mais barato, alimenta a economia local.

Lide com os problemas e agrade o povão

Poucas coisas agradam o povão tanto como um belo corte de impostos. Se você conseguiu pagar a dívida e tem uma sustentável reserva de dinheiro, pode abaixar os impostos. Durante o jogo o congresso irá propor algumas leis e emendas. Aqui não tem muito manual. Avalie a questão com critério e tome a decisão mais sensata.

screen800x500

Alguns problemas aparecem durante o jogo com a sinalização de vermelho, se tiver problema de obesidade no pais, faça um pequeno financiamento a comida grátis nas escolas. O gasto é mínimo, o efeito é imediato e o eleitorado fica feliz. “Brain drain” é quando os intelectuais dos seu país estão fugindo por causa de altos impostos, abaixe-os.

Essas são as minhas dicas para manter uma saudável democracia liberal no ocidente. Seguiu esses passos e conseguiu se reeleger sem problemas? Manteve uma vantagem humilhante perante o partido rival? Deixe seu comentário relatando a experiência.

Facebook Comments

1 COMENTÁRIO

  1. Acho que a graça é não seguir as instruções de “fazer isso” ou “fazer aquilo” porque é popular. Joguei sem jamais liberar o Gambling – Jogos de Azar, muito crime organizado e vai contra os meus princípios (além de aumentar a pobreza). A graça é tentar impor sua ideologia, se é a favor da ciência implemente até as células troncos (religiosos vão odiar), se for religioso, proíba tudo (liberais enviarão alguns carros bombas).

    *Na minha ideologia*, Se proteja (serviço secreto), reduza as taxas. Acabe com educação e saúde pública, dê financiamento pra quase nada mas aposte nos vouchês pra diminuir a pobreza, incentivar o mercado e diminuir gastos públicos além de aumentar quantidade da educação. Nunca dei muita bola pra os liberais, gosto de colocar taxas de bebidas alcóolicas lá em cima, proibir o uso se possível, sou contra o álcool (e o petróleo). Além disso, aumenta a produtividade e diminui a pobreza, que diminui os sem-teto, que diminui a insatisfação que aumenta os liberais.

    Environmentalist sempre;

    É um ótimo jogo pra “se achar”, descobrir o que você é contra e a favor, além de se politizar, entender o processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here